Seja notificado de novas mensagens. Ativar notificações da área de trabalho.

Prof. Gregory Medeiros

Médico | Especialização em Clínica Médica , Medicina Intensiva 
CRM-37986
Total de Leituras: 25,446
voltar

Prof. Gregory Medeiros

Médico | Especialização em Clínica Médica  e Medicina Intensiva 
CRM-37986

Acad. Júlia França

Acadêmico de Medicina - UNIVILLE (Joinville-SC)
15049 visualizações - 05/10/2020
3 minutos de Leitura

Avaliação do balanço hídrico na uti

O balanço hídrico corporal consiste no equilíbrio de líquidos administrados - que entram no corpo - e eliminados. Em situações de homeostase, os ganhos líquidos e as perdas são equivalentes, havendo manutenção de uma condição harmônica. O aumento de fluidos (balanço hídrico positivo) se dá por consumo direto de líquidos e em situações hospitalares, mediante administração de medicamentos diluídos, soro e reposição volêmica, principalmente. Já a diminuição de líquidos (balanço hídrico negativo) se dá por perdas vesicointestinais, vômitos, sudorese, e hemorragias, por exemplo. 1

A monitoração do balanço hídrico dos pacientes quando internados no hospital é muito importante pois tanto o excesso quando a perda inapropriada de fluidos podem culminar em piores desfechos clinicos  e cirúrgicos e aumentar o tempo de internação hospitalar. A avaliação de perdas e ganhos é realizada por meio da pesagem do paciente, em jejum, seguida de anotação de todos os líquidos administrados - por quaisquer vias - e todos os líquidos eliminados - da maneira mais fidedigna possível.

Entre as perdas, existem as categorias de perdas sensíveis e perdas insensíveis, sendo as primeiras todas as saídas de líquidos facilmente registráveis, que podem ser monitoradas sem grandes problemas. Já as perdas insensíveis são líquidos eliminados pelo corpo por vias de difícil mensuração, como a respiração e a transpiração, normalmente mediante o uso de fórmulas de bolso, não podendo ser contabilizada em valores exatos. 3

Quando existe retenção hídrica, considera-se um balanço positivo, onde a quantidade de líquidos administrados é maior que a de líquidos eliminados. Essa situação, está comumente associada com edema tecidual e diminuição de oxigenação, devido ao aumento da pressão intravascular 4. Por outro lado, existem situações onde as perdas de fluidos são maiores que os ganhos, situação denominada balanço hídrico negativo. Quando esse desequilíbrio é muito grande pode haver desidratação e mais gravemente choque (estado de hipoperfusão tecidual) do tipo hipovolêmico 5.

Há evidência clínica consistente de que o balanço hídrico positivo, em pacientes sépticos, por exemplo, nas unidades de tratamento intensivo, são  associados a maiores taxas de mortalidade 6. Além disso, verifica-se que o excesso de fluidos corporais, hipervolemia, por período maior que três dias, aumenta o tempo de internação na UTI 7.

São consequências da hipervolemia entre outras: problemas cognitivos, disfunção diastólica, aumento do esforço respiratório, infecções e alongamento do processo cicatricial de lesões (em função do edema causado em múltiplos órgãos corporais), por exemplo.

Para tentar reestabelecer a homeostase no paciente, pode-se utilizar monitoração hemodinâmica e cardíaca, observando possíveis alterações nos exames de sangue. Além disso, pode-se considerar a utilização de medicamentos diuréticos e, em casos de falência renal, realizar hemodiálise. 9


Referências

  1. 1 - https://oxfordmedicine.com/view/10.1093/med/9780199592548.001.0001/med-9780199592548-chapter-22
  2. 2 -http://www2.ebserh.gov.br/documents/1132789/1132848/POP+3.8_BALANÇO+HIDRÍCO+NEONATAL.pdf/9dbf4d53-f9ad-41e1-aa24-4291e97575bb
  3. 3 - https://maestrovirtuale.com/perdas-insensiveis-tipos-causas-de-aumento-e-calculo/
  4. 4 - https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4711202/
  5. 5 - https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/27922878/
  6. 6 -https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4711202/
  7. 7 - https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4970195/
  8. 8 - https://www.freseniuskidneycare.com/thrive-central/hypervolemia
  9. 9 - https://www.ausmed.com/cpd/articles/fluid-balance-charts


Palavras-chave:

  • balanço hídrico
  • UTI
  • retenção hídrica
  • desidratração

Qual sua avaliação para o texto acima?