Seja notificado de novas mensagens. Ativar notificações da área de trabalho.

Profa. Luciana Segat

Médica | Especialização em Obstetrícia e Ginecologia 
CRM-25254
Total de Leituras: 181,635
voltar

Profa. Luciana Segat

Médica | Especialização em Obstetrícia e Ginecologia 
CRM-25254

Acad. Vitória Moy

Acadêmico de Medicina - UCS (Caxias do Sul-RS)
350 visualizações - 03/10/2019
3 minutos de Leitura

Prevenção ao câncer de mama: como fazer o autoexame?

Posição da Imagem:

Brevemente sobre o câncer de mama:

É o segundo tipo de câncer mais frequente no mundo e que mais afeta mulheres.

Normalmente é diagnosticado em mulheres acima de 50 anos, mas pode se manifestar em qualquer idade.

A maior parte dos casos são esporádicos, o que desmente o mito de que as predisposições genéticas são os fatores de risco mais preponderantes.

Cerca de 80% dos tumores são descobertos pelas próprias mulheres no autoexame.

Os principais sintomas incluem vermelhidão/erupção nas mamas, corrimento, ondulações, mamilo puxado e mais frequentemente, caroço na mama, dolorido ou não.

Mas afinal, como prevenir o câncer de mama?

Alimentação equilibrada, prática de exercício físicos, não fumar e amamentar são práticas conhecidas que previnem o câncer de mama. Por outro lado, em questões clínicas, além de manter consultas rotineiras com um médico e fazer mamografia anualmente após os 40 anos - ou antes se houver fator de risco - a mulher deve fazer o autoexame mensal!

O autoexame é o ato de observar o tamanho normal das mamas, consistência, coloração e aspecto da pele com o objetivo de reconhecer anormalidades precoces, que podem sinalizar possíveis tumores e promover a possibilidade de agir rapidamente. Não é necessário que seja feito por um profissional da saúde, por isso, cada mulher pode se examinar individualmente, de forma rápida e eficaz.

Passos para realizar o autoexame:

1. Ao se observar no espelho, com os braços ao longo do corpo, repare no bico dos seios, na superfície e contorno das mamas.

2. Levante os braços e perceba se há mudança na superfície e contorno dos seios. Repita colocando as mãos na cintura.

3. Mantenha um dos braços flexionado por trás da cabeça e com a outra mão, apalpe a mama contrária, fazendo movimentos circulares suaves. Aperte levemente com as pontas dos dedos. Pressione os mamilos para garantir que não haja secreção de líquidos anormais.

4. Repita a ação alterando o braço que está flexionado, para que avalie a outra mama.

*Todos esses passos podem ser feitos tanto em frente ao espelho, como deitada ou no banho.

Faça seu autoexame! Conheça os padrões do seu corpo e recorra a um médico se perceber qualquer anormalidade. Prevenção e autocuidado são os segredo para a saúde!

Referências:

1. Autoexame das mamas, o autocuidado que é bem-vindo. Febrasgo, 2017.

2. Outubro rosa: prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama. Ministério da saúde, 2018.

3. Detecção precoce do câncer de mama. Instituto Nacional do Câncer, 2018.

4. Sociedades brasileiras recomendam mamografia a partir dos 40 anos. Sociedade brasileira de mastologia, 2017.

5. Livro - Medicina interna de Harrison. Kasper, Dennis L. et al. 19Ed. 2017. 

Palavras-chave:

  • Cancer de mama
  • Autoexame
  • Autocuidado
  • Mulher
  • Câncer

Qual sua avaliação para o texto acima?